domingo, 19 de outubro de 2008


Preciso desesperadamente falar o que estou pensando,está entalado na minha garganta.

Como uma pessoa pode ser tão ruim ao ponto de matar uma menina de 15 anos?Que porra de amor desgraçado é esse?Isso não é amor,é doença.É o ego que foi ferido.Que monstro.Estou com uma raiva e uma tristeza dentro de mim,ao ver que o ser humano(nem sei se esse fdp pode ser chamado de ser humano) só regride.A única coisa que me faz ter uma esperança é ver que existe pessoas de palavra e existem amigos de verdade.A Nayara prometeu a amiga que seria amiga dela pra sempre(quem for no orkut da Eloá vai ver um depoimento dizendo isso.),até que a morte separassem elas.Que menina corajosa,que atitude linda,quem tem um amigo assim não precisa de mais amigos.Estou indignada com esse mundo de pessoas idiotas,descobri porque chorei quando nasci,talvez estava triste por entrar nesse mundo de idiotas.Não me conformo com essas atitudes,ninguém tem o direito de ceifar uma vida.Deus ilume a cabeça desse perfeito idiota,e leve ele junto a ti.Porque esse babaca não merece viver aqui.A Eloá agora está junto a Deus,uma menina que não fez mal a ninguém.E o Lindemberg,ah.. será que a justiça será feita??Não sei se a justiça do homem será feita,mas a de Deus com certeza.




(desculpe os palavrões,é porque eu estou com muita raiva!)








11 comentários:

Ranger Vermelho disse...

Isso não e amor na minha opinião, este cara e loco, eu ouvi agora no jornal que este esta sendo transferido para outro presos pq ate os pesos não querem ele la.

http://rangervermelho.blogspot.com/

Samires França disse...

Não era amor. Era obcessão. Doença. Distúrbio, loucura. Seja o que for...nada justifica os fatos.
Só acho que devemos aprender a ser mais cautelosos. Observar melhor quem convive conosco. Atentar para atitudes que dispensam suspeitas, pq os desequilíbrios, geralmente, são silenciosos.
É lamentável.
W...Que a Eloá siga o caminho da luz daqui pra frente.

ps: obrigada pela visita.
e...palavrões perdoáveis...

Sweet's hell. disse...

Era doença mesmo. Pra começar, qdo eles começaram a namorar, ela tinha 12 e ele 19. Aquela guria, com 12 anos, nem tinha virado mulher direito! Essas menininhas de hj em dia não se tocam onde estão se metendo...No caso dessa Eloá, linda menina, aliás; a culpa é dela, dos pais, dos pais do namorado e do namorado! Era um relacionamento errado. Claro, podia ser com uma da mesma idade dele, mas nesse caso, foi com uma adolescente.
Eu lamento mto q tudo tenha acabado assim, ela merecia viver. Mas já me acostumei a isso, não sinto dor, raiva ou pena. Sou indiferente, mas no fundo, sinto mto, por todo esse mundo.
Bjos.

Ana Célia disse...

ele tem que morrer na cadeia, e de tanto apanhar, isso sim!

mateusbonez disse...

Concordo com vs, tb sinto raiva e tristeza por causa do que esse filho da puta fez, sim ele tinha que morrer e com uma bala bem no meio do c* e sofrer pra aprender a nao machucar as pessoas. Simplesmente demais aqui ;D

Boa semana e aguardo sua visita e comments ;D

http://tiomah.blogspot.com/

instantes e momentos disse...

ótimo post, muito bom.Não peça desculpas não. Extravase mesmo, faz bem.
Gostei do teu blog.
Parabens
Maurizio

Karla Hack disse...

Não era amor o que o cara sentia..
Uma pessoa assim não sabe diferenciar os sentimentos.. era só um obcecado!
Amor e doença não são sinônimos!
Horrível a situação toda e também o circo que a imprensa armou e está armando em cima..

;P

bjus

Mente Inquieta disse...

Tá to mundo tão indignado como vc. Tentei não falar no assunto mas, é impossível tá entalado na garaganta um monte de coisa.

O mundo precisa de amor ao próximo e a si msm.

Parabéns pelo desabafo, as vezes é necessário.

Obrigada pelos elogios e pelo carinho espero que volte sempre ao

Coerência Contraditóriahttp://coerenciacontraditoria.blogspot.com

Rafael Portillo disse...

Tem um detalhe que eu nunca perceb até ler em um blog as idades da Eloa e do Lindemberg. Ela, 15, ele, 22. Namoravam a cerca de 3 anos. Isso quer dizer que ela tinha 12 e ele 19. Isso seria pedofilia, estou certo?

Como é que a mãe deixou isso acontecer?

Alias, que reviravolta desta caso, viu?

TeiaCast - Blog Sobre Podcasts Brasileiros

luiz scalercio disse...

o cara louco nao saber o que e omor
nao tem que falar dele.
http://moemaemdebate.blogspot.com

Danilo Cruz disse...

Dá raiva, mesmo. Pode falar quantos palavrões quiser.